18
Qui, Ago
5 Novos Artigos

Papa pede coragem à Igreja na Amazónia

Colaboradores
Tipografia
  • Menor Pequeno Médio Grande Maior
  • Padrão Helvética Segoe Geórgia Horas

Cidade do Vaticano, 07 jun 2022 (Ecclesia) – O Papa publicou hoje uma mensagem dedicada à Igreja na Amazónia Brasileira, convidando os católicos da região a ser “corajosos e audaciosos”.

Jesus Cristo inspira-nos, através do Espírito, a anunciar o Evangelho com novo empenho e a contemplar a beleza da criação, ainda mais exuberante nessas terras amazónicas, onde se experimenta a presença luminosa do Ressuscitado”, assinala, num texto divulgado pelo Vaticano e enviado aos participantes no Encontro de Santarém (IV Encontro da Igreja Católica na Amazônia Legal), que decorre até quinta-feira, no Brasil.

A iniciativa reúne 100 pessoas, cardeais, bispos, sacerdotes, religiosos e leigos, incluindo representantes dos povos indígenas e comunidades tradicionais.

Francisco saúda o trabalho da Igreja na Amazónia e a “já enraizada e bela tradição dos encontros das Igrejas locais, a vivência da sinodalidade – como expressão de comunhão, participação e missão – à qual toda a Igreja é chamada”.

A mensagem recorda o primeiro encontro de Santarém, em 1972, uma referência no trabalho da Igreja na região amazónica, cujo documento conclusivo “propôs linhas de evangelização que marcaram a ação missionária” até hoje e foram citadas no recente Sínodo para a região Pan-Amazónica, em 2019.